Arquivo para novembro, 2010

40 mil em um

Posted in Uncategorized with tags , , , on novembro 16, 2010 by karolnews

O foco era um só: ver a cantora Norah Jones se apresentar no Parque da Independencia e torcer para não chover.

Norah no telão para a alegria dos que ficaram do lado de fora

Para os sortudos que tiveram a chance de assistir de perto uma das mais renomadas estrelas do jazz, numa bela tarde de domingo, puderam ver mais do que um show bem arranjado.

Com uma guitarra em tom sensual, Norah iniciou seu show com algumas canções de seu novo álbum The Fall. Até ai nenhuma novidade, não fosse o público ser arrebatado logo de cara e entoar cada nota como aquelas decoradas das novelas de Manoel Carlos.

Em sintonia com a plateia, a cantora nova-iorquina se deixou levar pelos elogios bem humorados do público.

O gramado do parque foi tomado por cerca de 40 mil corações adocicados com o ritmo folk que Norah trouxe para São Paulo. Para os que esperavam chuva (como eu), tiveram que se desfazer do aparato logo na entrada. A presença de guarda-chuvas e bebidas alcoólicas estava proibida. Além desses inconvenientes, houve uma meia dúzia de resmungos e empurrões entre os que queriam acompanhar a performance mais de perto.

Nada que tirasse o prestígio da convidada.

Em momentos de extase podia-se ver casais aos suspiros e grupinhos companhando cada música com empolgação. Norah cantou e encantou, para o deleite dos que aguardaram por horas na longa fila que se estendeu ao redor do parque.

Além dos hits clássicos Come Away With Me e Don`t Know Why, Norah trouxe na manga a belíssima Lonestar e a dançante Cry Cry Cry de Johnny Cash que empolgou boa parte da plateia na área VIP arrancando risos da cantora.

No final da apresentação, Norah embalou o público com a country How Many Times Have You Broken My Heart e a surpresa ficou por parte das notas de Asa Branca de Luiz Gonzaga aparecerem no meio da apresentação deixando bem clara a habilidade e genialidade dessa artista que conquista cada vez mais fãs.

Por fim, eram 40 mil vozes em um, aliás, em uma, a doce e bela voz de Norah Jones.