Arquivo para outubro, 2010

Noite sem Teto

Posted in Uncategorized with tags on outubro 14, 2010 by karolnews

Milhões de latino-americanos vivem na pobreza… Essa realidade não nos deixa dormir. Na madrugada de 17 de outubro, Um Teto para meu País realizará a Noite sem Teto, um evento que pretende marcar a chegada do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.

Com o objetivo de gerar uma maior consciência sobre a necessidade de erradicar os assentamentos humanos precários nos quais vivem milhões de pessoas na América Latina, o evento será realizado simultaneamente em 16 cidades do continente. Durante toda a Noite sem Teto, milhares de jovens voluntários passarão a noite ao relento em um ponto central de cada cidade.

Com esse ato, UTPMP reafirma a necessidade e o compromisso de acabar com os assentamentos precários da América Latina, mediante o trabalho conjunto entre voluntários, moradores e sociedade em geral. A Noite sem Teto é uma denúncia pública e por este motivo, UTPMP também realizará um seminário com o tema: o que temos que fazer para acabar com os assentamentos humanos precários?

Este momento tem como objetivo fazer com que diversos setores da sociedade exponham suas opiniões sobre o que deve ser feito para acabar com a pobreza que se concentra nos assentamentos. Para que a Noite sem Teto seja um sucesso, precisamos mobilizar a MUITAS pessoas. Esse evento deve ter como característica a massividade e mostrar que nós, jovens, estamos dispostos a mudar a realidade que conhecemos.

Para inscrever-se acesse o blog Um Teto Para Meu País

Fonte: Um Teto Para meu País

Anúncios

Como Esquecer estréia com corações partidos e desilusões

Posted in Uncategorized with tags , , , , on outubro 14, 2010 by karolnews

Amanhã estreia um dos mais esperados filmes brasileiros desse ano, Como Esquecer, da diretora Malu de Martino.

No papel principal, ninguem menos que Ana Paula Arósio vivendo na tela (e há quem diga, na vida real) uma professora de literatura lésbica que ve  seu mundo ruir após o final de um relacionamento intenso.

O tema é polemico e atual, e está despertando a atenção da crítica sobre a atuação emocionante de Ana Paula.

Nas redes sociais a movimentação entre o público gay para acompanhar a estreia é grande. Meninas e mulheres suspiram com a ideia de ver Ana Paula em cena traduzindo um pouco do universo lésbico.

Em São Paulo os considerados redutos gays (entre as ruas Frei Caneca e Augusta) serão o ponto de encontro do público que irá acompanhar a exibição nas salas do Espaço Unibanco Artiplex.

No filme, Julia (Ana Paula Arósio) está em meio a uma série de conflitos internos e se ve diante da necessária adaptação para uma nova vida e não disfarça sua dor nesse momento de transição.

Uma boa pedida para quem gosta de uma dose de realidade, mas aviso, é bom separ os lenços.